Bem Quentinha

-AS-SI-NEEIIIIIII!!!!!!!!!!!!!!!!!

Dei um berro no mesmo tom que usaria para dizer:

– TÔ GRÁVIDA!!!!!!!!!!!!!!!!

E Matheus cagou pra mim como se eu tivesse gritado:

– TÁ SOL!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Continuava lá.

olhos-grandes

Olhos fixos naquela porra (eu que dei mas já tô odiando) daquele videogame!

 Aliás, Matheus tem exatamente a mesma postura contra os amigos e contra o Lucas.

Repare:

Jogando videogame contra os amigos, 30 anos:

video-gamer

– Quero ver tirar a bola do Teeetttsss (ele mesmo se apelida) vem aqui veeemmm vemmmmm galeraaaaa toma essaaaiáááááeeeeeeee!!!!!

 

 

 

Matheus jogando contra Lucas, 7 anos:

 

Man with joystick playing video games

– Vai moleque vai vem vem vem pegar vem pegar essa bola do Teetetetetetesssss vem corre atrás, otáááááriooouuuuuuuu!!!!!!!!!!!

 

 

 

E comemora o gol. A criança nem reage.

ID-10090060

Ele continua:

– Num adiantaaaa nããããããooo aqui é TEETSSSSSSSSSS (bate no peito) molequeeeeeeeee!!!!!!!!

Lucas ameaça colocar o dedinho no botão “X” e2e57a6b7de8426995778218bbde553c

– OPPPAAAAA TA DANDO MOLE HEEEINNN CASLUUUUUUUU ESSE DEDINHO TA MUITO DEVAGAR Ó AQUI-ÓÓÓ!!!!!!!

Mais um gol.

– TOMA MAIS UM DO TETEUZINHO!!!!!!!!!

Ele faz uns 45 a 0 e acha mó onda.

A criança termina o jogo do mesmo jeito que começou:

Estática.

75286702_47c41116b4_z

Então lá estava ele no centésimo nono gol e eu no oitavo berro:

– MATHEUS, EU TO FALANDO QUE AS-SI-NEEEEIIII!!!!!!!!!!

Ele manteve pupilas e olhar fixos na televisão e virou tronco e cabeça na minha direção – tipo contorcionista.

– ASSINOU, MOSSINHA?!?!? POOOOO, COISA LINDA-MARAVILHOSAAAA!!!!!!!!!!

Pausa.

“Coisa linda-maravilhosa” é o que Matheus usa para dizer que não ouviu mas fingiu que ouviu pra me agradar mesmo não tendo ouvido ele fala para dizer que prestou mó atenção e fazer um filme mas na verdade não importa se a coisa foi linda e maravilhosa realmente ou feia e horrível até porque ele não escutou de verdade mas vai sempre responder com “coisa linda-maravilhosa”.

Sendo assim, eu posso dizer:

– Assinei de unhas feitas e caneta de rica 1327579434;

 

– Engravidei com um laço rosa gigante It is a girl. Isolated 29-weeks pregnant belly with pink bow over it;

 

– Desmaiei nos braços do Tufão tufao_carminha ;

 

– Completei na raça 10082013---mary-davies-da-nova-zelandia-sente-o-cansaco-e-o-calor-de-moscou-e-fica-caida-apos-completar-a-maratona-feminina-1376140490000_956x500;

 

E ainda:

 

– Me separei (com DEDO NA CAARAAAAAA 57kx52fi7z8btodbx6x5hk4mv!!!!!!!!)

…..que a resposta dele vai ser: Coisa linda-maravilhosa bebe_rindo.

Segue.

O azar dele é que o ano passa e a minha malandragem só aumenta.

capa

– Coisa linda-maravilhosa o que, Matheus?

– Ué, que você assinou.

– Assinei o que?

– Assinou.

– Assinei. O que?

– Coisa linda-maravilhosa….

– Linda-maravilhosa o que?

– A assinatura.

– De que?

– Da coisa linda—–OPAAAAAAAA!!!!!!!!

Deu um berro, virou de novo o tronco e a cara pro videogame e apontou pra televisão!!!

Lucas começou a chorar.

– Que isso Matheus, tá doido?!?!??!?!?!?

– TO TE VENDO MOLEEEQUINHOOOOOO TUTA COMEÇANDO UM JOGO SEM O TEUTIOOOOO NEEEEE HAHAHAHA SAFADINHOOOOOOO!!!!!!!

E fazia o numeral de dois com os dedos da mão na vertical apontando as pontas do fura-bolo e do pai-de-todos, uma para cada olho, como quem diz:

– Tô te vendo.

tpm97-vermelhas-010

E não parou:

– VAI VAI VAI NUM QUERIA SER MALANDRINHOOOOO??!?!?!?!? – olhou pro Lucas mandando beijinho.

A criança já claramente arrependida Children-Playing-Games tentou continuar.

– UHUUUUU MENOS UMMM, IAAAEEEEEE BALÃOZINHO, E AGORA HEIN GOLEIRÃÃÃÃOOOO?!?!?!?!? VAI PEGAR VAI PEGAR VAI PEGAAARR?!?!?

Não pegou. Mais um gol pro “Tetetets”.

– Ae Mossinha tu viu isssooo?!?!?!?

Polegar nas bochechas, língua pra fora na direção do garoto.

– CASLUZINHO DESMORONOOUUUU DIANTE DE TESTETSETETETSTETSTESSSSSSSSS!!!!!!

– Matheus eu acho melhor você me ouvir.

Se contorceu de novo:

– DIIGGGAAAAAAAAAAAAA MOSSOILAAAAAAAAAAAAAA TO OUVIN—– interrompi de uma vez:

– Eu assinei um contrato para publicar as histórias do nosso blog, o Gentilbraga, que você tanto ama e adora e sente orgulho!!!!!! Ele vai virar LIVRO NO INÍCIO DO ANO QUE VEM!!!!!!!!!!! Vamos escrever nossos episódios, histórias inéditas e espero que você continue me inspirando todos os dias, se possível, com assuntos bem maduros e com conteúdo!!!!!!!! IUUUUHUUUUUULLLLLLLLLLLLLLLL (me descontrolei um pouco.)

 

 

 

((silêncio total))

 

 

 

Matheus:

1gAYRI.AuSt.156

 

 

 

 

((Mais silêncio))

 

 

 

((Apenas o som do videogame ao fundo))

 

 

 

E o narrador gritou gol…… (finalmente – e só assim) do Lucas.

RTEmagicC_d924b70021.jpg

A primeira de 2014

Foi um ano de muitas histórias:

Peladinha Básica

Mania do Pulta

Cantada

Primeira Separação

Quando o Fogo Acaba

Mas apesar de tudo, o Matheus foi um bom marido em 2013!

(Se alguém disser que falei isso, eu nego.)

E enfim, depois de todo o cansaço cerebral, fui vencida pela Fixação do Playstation4.

Sem ele saber (sou má, mas sei ser fofa), fui até a loja:

– Oi moço, boa tarde!

– Boa tarde, tudo bem?

Muito simpático o vendedor.

– Tudo bem sim, e você?

– Também e você?

Meio repetitivo também.

– Ainda tá tudo bem sim. Vem cá, você tem o Playstation4?

– Tenho sim.

– MERDA!

– Como??

– Desculpe. Foi só um desabafo. Vou querer, quanto tá?

– Quatro mil rea—

Não me controlei:

– HAHAHAAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHHAHAHAHAHAAHHAAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

macaco rindo

Me recompus:

– Como, moço?

– Tá quatro mil.

– Se o 4 é 4mil, eu quero o Playstation0,50.

– Hehehehehehehe a senhora é engraçada….. esse não tem, eu tenho o 3.

– Posso dividir?

Ele deixou. E levei o 3, estando certa de que tinha acabado de pagar o meu divórcio – em cinco vezes.

Mas beleza. Matheus queria. MUITO. E foi um bom marido em 2013!

Voltei pra casa, enrolei a sacola no pisca-pisca – era Natal – e deixei em cima da cama. Luzes do quarto apagadas, pisca-pisca aceso (sou muito fofa II), ficou lindo!!!!!

Matheus chegou em casa e entrou no quarto. Olhou pra cama, aquela cara.

Boy_shocked_face

(Até me assustei um pouco, mas passou.)

Enquanto ele abria a embalagem as lágrimas iam caindo dos olhos e aí neste momento fiz rapidamente uma comparação na minha cabeça:

Choro do Matheus quando eu entrei na igreja jill (desespero).

Choro do Matheus abrindo o Playstation jp-3 (felicidade).

Para não estragar o momento parei de pensar naquele instante e dei um sorriso super natural: Dumpy Treefrog - Kakadu N.P. - Australia

– Ah momo, que bom que gostou… você mereceu…

– Mossinhaaaaa não acredito!!!!!!! Cara você é muito pica (e ele, muito romântico), cara tchôti mostrar o que tem nessa parada é bizarra sério você vai se amarrar, vou instalar agora!!!

Me bateu uma vontade de devolver aquilo.

– Olha só, peraí, só botar isso aqui, esse cabo liga aqui, essa toma— ih Mossinha…

– Que foi Matheus?

– Acho que vou ter que mexer na disposição dos móveis da casa.

Coitado.

Olhei pra ele. Ele só fez um gesto:

perdao

Nem me exaltei:

– Claro que não vai, Matheus.

Ele entendeu o tom. E disse, como um herói:

– Não, tudo bem. mos1 Acho que sou capaz de solucionar essa questão.

Começou:

11591867

 

 

– Pego esse cabo, ligo aqui. Esse eu consigo esticar atééééé lá. Encaixo essa entrada nessa, a tomada fica pra esse fio aqui.Esse controle carrega desse lado, e o outro, aqui….

 

 

Eu? Onde eu estava? Ali do lado ué, assistindo tudo, e torcendo muito por ele.

galeria menopausa mais tranquila 450x338

– … a extensão eu tiro de lá, conecto o som nessa, trago pra cá e já consigo botar aqui. O adaptor eu uso pra ligar essa entrada naquela oooooo (se esticando) oooooooutra. Pronto!

Saca cama de gato? Era a minha sala.

emaranhado_cabosderede

– Que lindo, Matheus…. e agora?

– Não, agora, seguinte, você não viu NADA!!!!

Falava com uma empolgação, que me dava ciúmes.

– Siliga nisso, Mossinha: Netflix. Parada tem todos os filmes do universo!!!!! Falaí, pó falá, qualquer um, falaí um que você gosta!

Malandramente, inverti o jogo:

– Ah não sei… diz aí o seu preferido, Momô…

Obs: Esse é sempre um bom teste para nós, mulheres! O filme preferido do homem sempre diz muito sobre a personalidade dele. Exemplo, se ele gostar de:

6712059SZ– É um cara sensível.

poderosochefoiwk2 – É um cara ambicioso.

300-19Sarado, mas vive pros amigos.

Rio-2-Divulgação – Avoado.

shrek – Feio, mas com bom coração.

titanic_2012 – Nadador.

bruna-surfistinha – Fanfarrão.

gynBNzwyaHKtXqlEKKLioNkjKgN – Flexível.

19873802 – Persistente.

E por aí vai…

Continuando:

Eu, sabendo de tudo isso, passei a bola pra ele:

– Vai Momô, diz aí um filme que você curte…

– Tá ó, se eu entrar aqui no Netflix e clicar em “busca”, por exemplo, posso procurar qualquer um tipo, vou botar aqui…

Tensão.

– Ó, vou digitar…

Totalmente focada nele.

– Tipo…

VAI, CACETE!!!!

E foi digitando, letra a letra:

– “Se…… be…ber…. não…ca….”

Desisto.

sem85_18

– Tá Matheus já sei que tem todos os filmes vai, próxima atração!!!

– Vou botar aqui o jogo Mossinha, tu vai bolar!!!!

Nossa. Ansiosíssima.

Botou o Fifa14. Começou a introdução, qualidade maravilhosa. Quase cinema, tenho que admitir. No clipe inicial, times do mundo inteiro, craques entrando em campo, trilha de suspense… foi quando o narrador começou o texto:

– VAI COMEÇAR AGORA………….

Matheus nem piscava, gente.

4359877727_6b06373150_z

A voz do videogame continuou:

– BATALHAS ÉPIICAASSSSSS……..

Só faltava pedir um lenço.

bebe-chorando-20862

– …..JOGOS IMORTAAISSSS…..

Quase dei a mão pra ele.

– ……PERSONAGENS HISTÓRICOSSSSSS…..

E apareceu o Neymar. Matheus apontou pra tela e deu um berro:

– Ó o Junior!!!!!!!!!!

E ficou parado, olhando, como se Neymar – também emocionado – estivesse respondendo pra ele:

“Chora não, parça.”

2705agenda13

“Escuta:”

2318534-6641-rec

“Me bota no teu time.”

neymar

“E vamos comemorar muito juntos.”

neymar_bola_de_ouro_2011 FBL-ESP-SUPERCOPA-ATLETICOMADRID-BARCELONA 005mar2014---estreando-o-novo-uniforme-azul-da-selecao-neymar-comemora-apos-marcar-o-terceiro-gol-do-brasil-contra-a-africa-do-sul-1394043478861_1920x1080

“Já é? É Tóis!”

esportes201342513

Neymar saiu da tela e Matheus continuava lá:

nao acredito

Quando acabou a introdução, ele ainda ficou assim por uns minutos.

(Tempo que ele ficou estático)

– Mossinha…. (ainda olhando pra televisão) você viu isso?

– Aham, legal né?

– Incrível.

– Momo, vou sair pra resolver umas coisas, tá?

– Uhum… – já escolhendo o time que ia jogar.

Fui.

E quando voltei:

foto-8

Estavam na segunda partida da noite. Como eu sei?

Porque avistei, de longe, algo preso na parede da minha sala.

carminha1

Era simplesmente, um placar. E nele, o vencedor do primeiro jogo.

image-14

Começamos bem.

Amor Animal

Sentada na poltrona, Inez – nossa terapeuta – nos observava calmamente.

No sofá em frente a ela, eu e Matheus, concentrados na nossa tarefa. Há uns 20 minutos, Inez tinha pedido:

– Vocês poderiam fazer uma lista, por favor, enumerando os pontos negativos do outro? As características que vocês encaram como obstáculos para que a relação evolua.

Resumindo: O que eu tenho que irrita o Matheus. E o que o Matheus tem que me irrita.

Em 4 minutos eu tinha uma lista considerável.

page0_blog_entry37_1

Matheus enfrentava dificuldades:

– Inez, mas é característica da Fernanda que eu não gosto assim tipo que nasceu com ela, ou o que ela aprendeu a fazer com o tempo que eu não gosto, ou por exemplo algo que ela passou a fazer justamente porque eu não gosto?

Interrompi:

– Como assim Matheus? Você acha que eu faço as coisas de propósito pra te irritar?

– Tenho certeza.

O Matheus na frente da Inez ele fica muito corajoso – me irrita. E minha lista só aumentava…

Inez explicou:

– Matheus, pode ser qualquer característica, mania, ou atitude da Fernanda que você não concorde.

– AAAAAAAAHHHHHHHHHH MANIA TAMBÉM ENTRA?!?!?!??!?!?!? – soltou um berro no consultório!

– Que isso, Matheus?????

– Po Mossinha ninguém merece sua mania de coçar a garganta como se fosse uma zebra entalada.

Para tudo.

Meu marido estava diante da terapeuta dizendo que a mulher dele parecia uma “zebra entalada”.

Uma                 Zebra               Entalada.

tailandiazebra

Eu não estava ouvindo aquilo.

0819-angry-woman_li

Continuou:

– Cara Inez, ela começa a fazer um barulho tipo de serra elétrica quando não pega sabe? Ainda arregala os olhos e aperta as orelhas!!!!!

Eu sei.

Foi assim que a Inez (e você) imaginaram a minha coçada de garganta.

careta_div

Mas eu me imagino assim.

mulher linda gostosa tapando os ouvidos

Me defendi evitando qualquer contato visual com Matheus:

– Inez, não é verdade. Eu coço com delicadeza e apenas aperto a orelha pra direcionar a coçada, só iss—

– HHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHA – outra risada exagerada – direcionar a coçada, só você mesmo, Mossinha!!!!!!!!

Sem cerimônia, pegou a caneta e narrou enquanto escrevia:

– “Co-ça-da na gar-gan-ta.” Pronto! Acho que acabei!

Olhou pra mim, aquela cara clássica 1-g-20120205 . Encarei de volta, tranquila angry-woman.

Quando o Matheus sente que vai dar merda ele tenta ser fofo:

– …. mas é a coçada de garganta mais linda que eu já vi, Mossinha…

E quando ele é fofo, quase sempre, já é tarde demais.

– Matheus terminou, ótimo, e você, Fernanda? – Inez se ligou que o lance da coçada foi sério e tentou agilizar.

– To só começando.

Enrolei mais um pouco  – pro Matheus ficar bolado – e entreguei meu papel pra Inez.

Pegou as duas listas e analisou. Tava nitidamente sem jeito:

– Bom, a Fernanda lembrou de muitas coisas…. e o Matheus, além da coçada na garganta, anotou um tópico apenas:

* Neurótica.

Ele ainda tava com a cara dele 1-g-20120205 e eu com a minha angry-woman.

Começou:

– “Neurótica”! Hmmm crian_a_pensandoeu escrevi “neurótica”?!? Tchovêêê crianca_pensandoestranho eu ter escrito “NEURÓ”—

– Mas escreveu Matheus, “neurótica”.

Inez entrou no meio.

– Pois é Matheus, você escreveu… queria argumentar e explicar o motivo?

Isso vai ser muito interessante….

macacos-pensando

– Então Inez… é que sei lá às vezes ela não tem paciência.

Enquanto ele buscava a justificativa abri minha bolsa.

– Tipo eu sei que eu abuso mas ela não tem muita paciência…

Comecei a procurar meu celular.

– Eu sei que exijo demais. Mas ela também não tem muita…

Achei! Fechei a bolsa, esperei ele terminar.

– Eu abuso da paciência dela… verdade… mas tipo.. paciência, paciêêêência mesmo ela não tem.

Mostrei o celular pra Inez.

– Posso? Te mostrar uma coisinha aqui?

– Claro Fernanda, por favor…

Matheus já estava lá na recepção tomando um cafezinho.

Continuei:

– Toda quarta eu chego do trabalho bem tarde.

– Sei.

– Tarde MESMO. Tipo umas 2h da manhã. É o dia que o Matheus fica sem mim e aproveita para ver os jogos com os amigos tomando cerveja lá em casa. Eu sempre acho que vão uns dois, três no máximo, mas quando chego em casa a cena é mais ou menos essa:

estadio lotado

Inez me acalmou:

– Uhum…. mas isso é uma coisa super norm—

– EU SEI!!!!!!!!!!!!

Tomou um susto.

– Desculpe. Eu sei. É normal sim o homem ter o seu momento com os amigos, mesmo que eles sejam 300 – como é o caso do Matheus.

Cheguei mais perto.

– Você sabe como o Matheus apelidou a quarta-feira?

Ela se aproximou.

Eu me inclinei pra frente.

Ela agachou do meu lado.

Eu soltei, bem devagarzinho:

– Quar  ta  fei  ra      san  ta.

Inez reagiu como eu imaginava: cara de “ele não aprende?!?!?!?!?”

images

Não. Não aprende. Não aprende que a quarta sem a mulher dele tem que ser quarta INFERNAL, e não santa.

– Bom mas se o problema é só esse…

– Inez, na última quarta santa, eu cheguei em casa e quando saí do elevador vi três vizinhos nossos bem na porta do nosso apartamento.

Ela era só ouvidos.

2594949748_e1a8977358_b

 

– O que tinha acontecido, Fernanda?

Levantei do sofá e elevei o tom de voz. Matheus ainda na recepção – já estava até mais moreninho de tanto café.

– “O que aconteceu” ?!?!?!? – repeti a pergunta dela.

– Eu saí do elevador, corri pra porta do apartamento e me juntei aos vizinhos. Gravei no meu celular o som que ouvíamos do meu apartamento:

Silêncio no consultório.

Inez estática, Matheus abriu a porta:

– Eu estava brincando com a Naleba…

Mais silêncio.

Um pouco mais…

Só mais um tico…..

Retruquei:

– Precisava mobilizar o andar inteiro com esse barulho de avestruz com asma?

– Mossinha…

Chegou perto. Pegou a minha mão.

Inez olhando, ainda esttática.

– O que combinaria mais do que uma zebra entalada e um avestruz com asma?

  tailandiazebra                  avestruz-aves-animaisfotos-1342

Este é Matheus (o da direita), o homem da minha vida.

 

GRAVAÇÃO REVELADORA

Há mais ou menos um mês inventaram a gravação de voz no whatsapp. Além de escrever suas mensagens, você pode gravar e enviá-las.

BOM NÉ?

0,,36949478,00

Depende.

shutterstock_69920422

plus-sign-cartoon_smallLado positivo: é mais seguro, prático e ágil. Eu inclusive uso bastante esse recurso, principalmente dirigindo!

trabalhar-com-subtracao-no-excelLado negativo: Matheus também usa.

E do Matheus, vocês sabem, podemos esperar TUDO. Eu por exemplo recebo mensagens, DO NADA, no meio do dia, tipo:

Desde que a gravação de voz no whatsapp foi implantada, Matheus passou a explorar o Lucas, meu afilhado. A criança, que – pra minha infelicidade – já era o mascote dos VM300 (grupo de amigos ADORÁVEIS do Matheus), agora virou também, um porta-voz-mirim.

Funciona assim:

Matheus seduz a criança com algo chamativo boneco-wolverine-brinquedos-meninos.

Lucas fica seco por aquilo.

2c414bfef847f3dfb952de97c9f67c5a

E grava sem levar muito a sério.

em-avenida-brasil-carminha-manda-mensagem-para-tufao-como-se-fosse-nina-e-avisa-que-esta-presa-14912-1347630345969_300x200

Matheus torna a proposta irrecusável

gate

E exige mais.

carminha_max

Lucas, empolgado com a oferta, mas revoltado com a exploração, regrava.

a042d5bccbf827609c006850d941802898570341

Alguns chamam isso de “chantagem”. Eu prefiro pensar que é só uma brincadeirinha.

Uma vez com a gravação em mãos, Matheus manda para o grupo dos VM300 no whatsapp…..

….. e pra mim tambééééééém bebe-chorando-600x350!!!!!!!!!!!

Eu não passo UMA quinta-feira sem receber esse alerta:

“Hoje é quinta-feila! Vâmo pá noooooite!” é o que diz meu afilhado de 5 anos, comandado pelo Matheus.

Importante: O homem não tem essa capacidade de análise psicológica mas eu já decifrei tudo: essas mensagens nada mais são do o que subconsciente do Matheus se manifestando.

images-14

Exatamente.

É o subconsciente dele GRITANDO para o mundo a vontade de sair com os amigos na quinta.

O desejo tá láááá, preso Subconsciente-Coletivo!!!!!!!!!!!!! Se debateeeeendo dentro dele Jiu-Jitsu-x-Subconciente!!!!!!!!!!!!!

A saudade da época de solteiro, a noitada quinta-feira “curmulék” (com os moleques), a pegação, “armulé” (as mulheres), tá tudo urrando lá dentro!!!!!!

surrealism20

E vai continuar lá, bem guardadinho!

sorriso-cachorro02

Pelo menos agora ele conseguiu um meio de dar voz à tudo isso. Claro que com a voz do Lucas para não acabar o casamento.

Se quinta-feira a voz fofa do Lucas anuncia que é dia que ir pra noite, às sextas o negócio piora! E ainda começa com uma saudação aos VM300:

Óbvio que me forço a pensar sempre no sentido mais puro dessa frase. Mas também não fica uma imagem muito legal.

engolindo-sapo

É triste. Eu sei.

Mas é também útil algumas poucas vezes como na sexta passada quando ele me lembrou não só que era dia de comer peleleca, mas também dia de visitar a obra do apartamento que a gente tá querendo comprar!!!!!!!!!! (aham, devemos nos mudar e aham, MUITAS novas historias virão para o gentilbraga!!!!!)

Já imagino aquela cena clássica da pintura nas pareedeesssss, saaaaabeeeee?!?!?!

O casal feliz começa a pintar os quartos naquele clima apaixonante…….

       casal-na-casa-propria-23177  14170801-casal-jovem-e-feliz-pintura-na-cor-branco-da-parede-de-sua-nova-casa-verde-e-azul  Happy couple.

…….. e em alguns minutos já estão fazendo guerra de tinta com um sorriso de comercial de margarina !!!!!!!!!!!!

          tinta  2043649-attractive-couple-standing-in-front-of-partially-painted-wall-playfully-putting-paint-on-eachother  como-pintar-paredes

IMAGINEI ATÉ O MATHEUS PERDENDO A LINHA PORQUE SEI QUE ISSO VAI ACONTECEEERR!!!!!!

couple-painting-fence-0610-mdn

Na verdade ele já começou a perder a linha.

Estávamos indo visitar a obra, peguei Matheus no escritório e fomos correndo pra lá!

Num percurso de 25 minutos, ele ouviu o Lucas falando que quinta era dia de ir pra noite, e sexta, de comer peleleca umas 238 vezes. E em todas elas soltava uma risada totalmente exagerada antes mesmo do Lucas acabar de dar o recado.

A gravação começava:

– “Hoje é quinta-feila, vamo”— HAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHA CAAAAAARA ESSE MOLEQUE É DEMAISSSSSSS!!!!!

Aí botava a outra:

– “Alô VM!!!!” Hoje é sexta-feila, dia de comer pelel”— HAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHHAH “PELELECA” AHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!!!

Botava a outra de novo:

– “Hoje é quint”—- AHAHHAHAHAHAHAHAHHAAHAHAH MUITO BOMMM!!!!!!!!

Tive que interromper:

– Matheus.

Dedo indicador na vertical,botou em frente à boca e fez David Beckham, mas que afronta shocked-woman!!!!!!!!!!!!!!

Em seguida terminou de ouvir a gravação:

– “Dia de comer peleleeeeeca” – AHAHAHHAHHAHAHHHAHAHAHA CARA ESSA TÁ INCRÍVEL!!!!!!!!!!!

Quando chegamos à obra ele ainda tava rindo da “peleleca”.

– Matheus.

– HAHAHHAHAHHAHAHHAHAHAH OI MOSSINHA!

– Chegamos.

Largou o telefone, tirou o cinto, saiu do carro, era o primeiro da fila na porta da obra!!!

Matheus tá muuuuuuuito animado com a mudança. Eu também!!!!!!!!! Principalmente porque vamos ter (um pouco, bem pouco) mais de espaço. E isso quer dizer que……….. mini-gentilbraga quando for encomendado, terá um cantinho pra ele(a)!!!!!!!!

Aliás, a ideia de nos mudarmos surgiu quando estávamos conversando sobre filhos:

– Momô você sabe que não tem como a gente ter um filho morando aqui né, a gente vai ter que mud—

– COMO NÃO?!?!?!?!?!??!?! (dramático como sempre)

shocked

– MUDAR!??!?!?!?!?!? QUE ISSO MOSSINHA, PORQUE?!?!?!??!?!?

– Matheus, não tem como ficar eu, você, Nala, Lucas e um bebê aqui. Não tem espaço! Criança pequena dá muito trabalho, tem que ter um monte de coisinha, carrinho, berço, fraldas, armário, roupas…. não vai dar aqui.

Foi quando ele me veio com um argumento que eu posso usar a qualquer momento contra ele no tribunal.

-MOSSINHA!!!! COMO NÃO CARA????A CRIANÇA VAI SER DESSE images-15 TAMANHO, ELA DORME COM A GENTE!!!!

Sério.

Olhei pra ele, ele ainda estava com as mãos naquela posição, indicando o “tamanho” da criança.

Voltando: Lá estava ele em primeiro lugar da fila de visitas para vermos a obra do apartamento. Entramos. E subimos.

E nessas horas de mudança na vida, tudo fica lindo né??? Estávamos amando tudo!!!!!!!

Aqueles arames soltos operario-trabalha-durante-a-primeira-visita-publica-no-maracana-14042012-1334418408645_1920x1080,

a poeira no nariz obravlt_vg_620x465 e a crise de espirro que ela desencadeou em mim,

os andaimes, o barulho ensurdecedor da maquina de lixar pedra dsc_0631,

os versos lindos rabiscados nas paredes pelos peões da obra – não posso escrever aqui mas na linguagem da internet seria:

loveletter-simbolos-mdf-bomba TN500_loveletter-simbolos-mdf-tralha loveletter-simbolos-mdf-exclamacao loveletter-simbolos-mdf-Espiral loveletter-simbolos-mdf-estrela

(mais ou menos seguindo aquela linha de “comer peleleca”),

o calor refrescante obras-1024x672…… estava tudo incrível!!!

E chegamos ao apartamento. E na real apartamento em obra é sempre assim: um buraco branco com chão e paredes, todo quebrado cheio de poeira e fios caindo do teto.

Beleza. Pelo menos dá pra você ir imaginando onde cada coisinha vai ficar, como você quer organizar a casa e tal.

E foi o que o Matheus começou a fazer. Em silêncio…

Ele estava no meio da sala com o tronco inclinado. Uma mão meio atrás da cintura, a outra esticada à frente.

Eu, da varandinha, meti o olhão nele Bebe desconfiado.

Ele ficava um pouco naquela posição, e voltava ao normal. Depois andava em círculos como faz Anderson Silva ao entrar no octógono, mas em ritmo bem mais lento. Parava. E mais uma vez fazia a posição.

Continuei sem entender 662468. Mas de rabo de olho via tudo:

Depois daquele ritual ele se encaminhou pro buraco onde é a cozinha. Analisou bem o espaço, parou de frente pra parede, deu um passo pra trás, estendeu o braço como se estivesse abrindo uma porta. Fechou a porta imaginária.

Nesse momento o operário que nos acompanhava, já sem graça, pediu licença pra se retiraroperario-de-construcao-profissoes-outras-profissoes-pintado-por-dannyk3-1010858.

Provavelmente foi chamar a emergência do manicômio para internar o Matheus.

Eu? Eu continuei ali, observando tudo disfarçadamente.

Ele voltou pra sala, se aproximou de um buraco na parede que parecia ser da tomada. Três passos pra trás. A-GA-CHOU!!!!!!!!

Comecei a ficar preocupada.

Mãos pra frente, como o bandido que se entrega às algemas.

Não aguentei:

– Momô!!!!! Que isso cara??? Tá tudo bem???? Po o homem foi até embora, que que tá acontecendo??!?!?!?

– Que isso Mossinha hehehe calma cara claro que tá tudo bem, que que houve?

– Que que houve?!?!? Você tá há 20 minutos fazendo gestos imaginários, andando sozinho que nem um maluco!!!!

– Hahahahaha que maluco o que Mossinha, fica calma!! Eu só tava aqui analisando já imaginando a situação ó: To de bobeira aqui final de semana na sala, jogando aquela sinuca maravilhosa. Tá? Dei aqui algumas tacadas, quebrei na sinuca e deu mó sede daquela geladinha. Beleza? Aí venho aqui na cozinha, abro a geladeira da Skol que a gente vai ter aqui, sabe aquela personalizada mesmo da Skol aquela de barzinho mesmo, então, peguei aqui minha geladinha e po mó vontade de jogar um playstation!!! Aí já volto aqui pra sala, sento no sofá sinistro que vamos ter aqui e já PUM, plugo meu playstation aqui pra jogar com os VM300. Claro que com o Lucas gravando algumas paradinhas pra gente né Mossinhaaaa……

Meu Deus.

cristo-com-vergonha

Na primeira visita à obra do nosso possível futuro lar cujo objetivo era planejar um quarto para o bebê, Matheus pensa em:

mesa-de-sinuca-3 +  butecoskol-post+playstation-4

Tirei o interfone da obra do gancho:

– Oi. Você é o moço que tava aqui com a gente na visita do apartamento? Oi seu moço, eu queria saber em quanto tempo a internação chega.

A maldição de Candy

Se alguém aí quiser ver o Matheus ignorando o mundo à sua volta, basta dar uma coisa pra ele:

cc1

A cena se repete em qualquer ambiente.

Na terapia mobile-printing-1

Na rua image

No mercado images-6

A céu aberto Homem-com-celular-1

Encostado numa parede roxa homem-celular

Cara, eu seeeeeeeei que Candy Crush é o máximo!!!!!

A musiquinha é agradável,

As balinhas são bonitinhas,

O jogo todo coloridinho,

E quando forma o

1550447203_1360319238

dá até arrepio!

Eu também jogo, confesso. Mas quando Matheus joga, me irrita.

Principalmente nessas circunstâncias:

  • Com mais vidas que eu.
  • Em um nível mais avançado que eu.

Aconteceu semana passada:

Estávamos jogando e minhas vidas acabaram. Olhei pra ele.

Tava com aquela cara de Candy Crush.

original

Comecei:

– Momô…

Silêncio.

– Que que a gente vai fazer hoje, hein?

Nem reagiu.

Me espreguicei, bati na cabeça dele sem-querer-querendo.

Nem tchum.

Bocejei alto. Tossi. Forcei um espirro.

– Hum? – grunhiu ele.

– Tava aqui pensando momô… você me acha uma mulher legal assim, maneira mesmo?

– Quem?

Aí fedeu.

– Como assim “quem”, Matheus?!?!?

Virou o rosto pra mim, mas manteve os olhos no Candy:

– Que quem que tem, quem o que?

– TO PERGUNTANDO SE VOCÊ ME ACHA UMA MULHER MANEIRA!!!!!!

– Claro né Mossinha, ninguém casa com alguém chato.

images-7

Péssima resposta.

Segui o conselho da Inez, nossa terapeuta, e “dei o espaço dele”:

Levantei do sofá fazendo barulho, chamei Naleba gritando bem alto, peguei a coleira e deixei cair no chão, sacudi a chave de casa ao destrancar a porta, abri a porta e olhei pra ele mais uma vez:

original

Nada.

Fiz conchinha com a mão, posicionei ao lado da boca e gritei:

– VOU DESCER COM A NALA!!!! QUANDO SAIR NÃO TRANCA A PORTA, ESTOU SEM CHAVE E SEM CELULAR!!!!!!

woman-yelling

Em troca ouvi o narrador do Candy Crush dizer:

“Sweet”!

Na moral? Vazei.

Naleba fez as necessidades e aproveitei pra caminhar um pouco com ela, como Dr. Renato mandou.

Pausa: Dr. Renato é o veterinário da Nala. Mas eu o chamo também de “voz da verdade”, “dono da razão”, “fiel escudeiro”, “braço direito”, e por aí vai. Dr. Renato está disponível para seus pacientes 24h por dia, 7 dias por semana. Ele é o retrato do veterinário dos filmes de Holywood.

Vet examining dog

Eu como mãe de primeira viagem, sou o terror do Dr. Renato. Ele nunca confessou isso, mas tenho certeza que sou.

Já liguei pra Dr. Renato quando Nala soltou um jato de saliva pela boca. O diagnóstico? Espirro. meu_amigo_pet_animal_gripado_quarta

Outra vez levei Nala lá porque estava chorando enquanto dormia. Sabe o que era? Pesadelo. cao-com-cara-triste-1341428442844_615x300

No último domingo mandei mensagem pra ele: “DR. RENATO!!!! (assim mesmo, letras maiúsculas e seguidos pontos de exclamação) NALA ESTÁ LENTA E DESANIMADAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!! (meio que travou o “A”)

Ele me respondeu:  “calor.”

Resolvi logo.

banho-8-1

Continuando: 

Dr. Renato falou que Naleba estava acima do peso pra idade dela e então (depois de surtar) comecei a caminhar com ela. Era o que eu estava fazendo aquele dia, depois de ter sido trocada pelo Candy Crush.

Antes de começar nosso exercício achei melhor reforçar aquele pedido que fiz aos berros quando saí de casa.

Falei pro porteiro:

– Elias, você pode ligar lá pra cima e pedir pro Matheus NÃO TRANCAR A PORTA PORQUE EU TO SEM CHAVE E SEM CELULAR, por favor?

Ele fez que sim, e segui meu trajeto com Nalinha, que estava realmente gordinha, nada demais.

Foi difícil sair da inércia C_pia_de_ae7072fbf35f896d0c4f15d2e3148205.

Mas corremos bem e acho até que ela exagerou um pouco slough.

No meio daquela meia maratona eu me toquei de que estava atrasadíssima para o trabalho!!!!!

Voltamos então num ritmo tranquilo.

bigstock-dog-running-6241804_900

Entrei no prédio varada/ Corri pra garagem/ Corri pro elevador/ Corri no corredor/ Cheguei na porta de casa, eeeeeeeeeeeeeeeeeee:

porta_fechada-1

Estava trancada.

Nessas horas eu fico impressionada com a quantidade de p/s (palavrão por segundo) que a minha mente processa.

Cenário:

Eu e Nala sentadas310110001em um corredor vazio 6440742a6df7_carlosteixeira_corredor_09

Sabe quando tem como piorar? Pois é, tinha.

A luz do corredor é aquela que tem sensor de movimento. Ou seja:

Estávamos no claro. Depois de 3 segundos, ela apagava C_pia_de_olhos_no_escuro_1__thumb_2_.

Eu levantava um braço, ela acendia luz_acesa0109.

Mais 3 segundos, apagava 2008060504220510.

Eu pedia “patinha” pra Nalafilhote-de-cachorro-que-sustenta-a-pata-thumb12823104e a luz acendia.

Até que ela acendeu sem que fizéssemos nenhum movimento!!!!!!

images-9

Lá estava nossa salvação: O pedreiro da obra do apartamento ao lado!!!!!!!

Pedi o celular dele e liguei a cobrar pro Matheus. Ele rejeitou. Liguei de novo. Não atendeu. Mais uma vez, e ele cancelou a ligação.

Me impressionei novamente com a quantidade de palavrão por segundo que a minha mente processa.

Na vigésima oitava ligação…

– Alô quem é!!!! – todo revoltadinho.

– MATHEUS SOU EU!!!!!!!!!!!!!!! – bem revoltada.

– ih. oi mossinha… – mansinho.

– Matheus o Elias te ligou pedindo pra não trancar a porta?!?!?!?!?

Pedreiro me olhou.

– ligou mossinha…

– ENTÃO MATHEUS!!!!!!!!!!!!

– e eu tranquei né mossinha…

– TRANCOU E EU ESTOU PRESA AQUI FORA SEM CELULAR E COM A NALA E TENDO QUE IR PRO TRABALHO!!!!!!!!!!!!!!

Pedreiro chocado.

– to chegando aí mossinha prometo.

Obs: O gerúndio do Matheus é sempre exagerado.

Quando diz que está “chegando”, pode nem ter saído ainda.

Se diz que está “acabando”, talvez nem tenha começado.

Se disser que está “acabando uma reunião no escritório e passando pra me buscar”, esquece, já são dois gerúndios numa frase só.

Volta: Desliguei o telefone e agradeci o moço do celular. Senti que deixei um trauma naquele pedreiro, já aproveito o espaço para pedir desculpa por qualquer possível atraso na obra do meu vizinho: “PERDÃO, VIZINHO.”

Quando Matheus chegou, eu e Naleba ainda estávamos firmes e fortes.

20060830042558

Não vi nem se ele tava de branco ou preto porque evitei qualquer contato visual.

Fui pro trabalho e voltei às duas da manhã porque era dia de images-10 (toda quarta dentro do Jornal da Globo).

Foi eu entrar em casa, me arrumar pra dormir, dar um beijo no Matheus, deitar a cabeça no travesseiro, e….

whatsapp_windows_phone_header_logo

Barulho de mensagem de Whatsapp no celular do Matheus + Duas da manhã = Vai dar merda!

Ele nem se mexeu. Eu, discretamente, levantei a cabeça, debrucei sobre ele, inclinei o pescoço, puxei o fio do carregador para ver a tela do aparelho e lá estava: “Mandy Ush”.

Voltei para o meu lugar e rapidamente descobri tudo!!!!!!!!!!!

mulher-brava

Matheus morou nos EUA por 4 anos 197381_1006420755112_7023_n.

Matheus jogou bola nos EUA 33608_1556860515762_4958124_n.

Matheus conheceu muitas ariranhas internacionais (SEM FOTO).

E UMA DELAS ESTAVA DE VOLTA AGORA: Mandy Ush!!!!!!!!!

Rápido! Facebook!!!! Amigos>Matheus>Amigos de Matheus> Procurar> Mandy Ush. Nada!

Outra: Amigos em comum> Procurar> Mandy Ush. Zero!

Já sei!!!!!!! Instagram!!!!!! Procurar>Usuários>@MandyUsh. Nenhum!

Procurei apenas algumas outras poucas opções:

@Mandy_Ush

@Mandyy.USH

@UshMandy

@_Mandy_Ush

@*MAndYuSH

@MaaaaaaandyUshhhhh

@M.a.n.d.y.u.s.h

@MUSH

@MmamamandydydyUs—

Matheus acordou. Fiquei observando.

Se mexeu um pouco, revirou, fez uma meia dúzia de barulhos estranhos como sempre e foi interrompido:

– Matheus, Mandy Ush!!!!!!!!

– Hmmmm ? – cara de perdido.  bebe-dormindo.jpg.620x350_q85_ltrbx

– Mandy-Ush. – repeti pausadamente.

Olhou o celular….. e sorriu?!?!?!?!?!?

CAAFAAJEEESSTEEEEEE!!!!!!!

Virou pra mim. Abriu apenas um olho por inteiro :

– Mossinha. Ganhei um pacote de vidas. Olha aqui:

Me mostrou o celular.

– 5 vidas no CAndy CRush. Ou “MANDY USH”. Dona Encrenca….

Oi?

frases_ironicas

CARA “DONA ENCRENCA” ME IRRITA MUITO!!!!!!!!!

images-11

Mas beleza dei defeito legal. Confundi Candy Crush com Mandy Ush. É raro, mas acontece.

Quando estávamos quase embalando no sono novamente, outro barulho de celular.

Para a minha surpresa, era o meu dessa vez. E aí foi a vez do Matheus ficar bolado!

Olhei pra ele e percebi na hora: tava todo desconfiadinho.

20130806-070558.jpg

Depois mulher que é neurótica!!!!!

Quando peguei meu celular, era ela: Mamy. Deixou um recado de voz com um pedido de socorro.

Querido amigo leitor:

Eu posso até ser deserdada depois de divulgar isso, mas acho que todo mundo, um dia, na vida, tem o direito de rir como eu e Matheus rimos naquela madrugada ouvindo aquilo.